O que é Diástase e sua importância no pós -parto

diastase1Muitas mulheres após terem seus bebês desconhecem a importância da recuperação no pós- parto. Nessa fase, é fundamental que  a atividade física vise a recuperação da força muscular , relaxamento e exercícios específicos de fortalecimento da pelve, da coluna e abdômem.

Após o parto, a barriga da mulher fica flácida devido ao rompimento da musculatura abdominal . Este rompimento chama-se Diástase, onde a parede dos músculos do abdômem se dividem ao meio, na vertical, partindo do umbigo. As mulheres que não realizaram exercícios físicos neste período, e não tem abdômem  fortalecido, desenvolvem mais chances de terem dores nas costas e nas pernas.

Porém, se o afastamento for menor que quatro centímetros, exercícios físicos para a região abdominal revertem a situação em mínimo de três meses, e máximo de 6 meses com o término da amamentação. Se for maior, é necessária cirurgia para unir os lados, desde que a mulher não tenha vontade de ter mais filhos. Não dá para prevenir a diástase, mas exercícios específicos por profissionais que entendam de gestantes e pós -parto podem reduzir as chances da mulher desenvolver tais dores.

Para identificar se você tem este afastamento, é simples, deite-se no chão, e flexione o tronco levemente a  45 graus.  Ao fazer isso, você vai sentir como se um pequeno buraco separasse os dois lados da musculatura da parede do abdômen. Em seguida, verifique quantos dedos cabem  no vão. Um espaçamento de um ou dois dedos é normal e, com os exercícios, diminui gradualmente. Um vão de três ou quatro dedos requer atenção especial para reparar e reequilibrar os músculos. Caso, tenha dificuldade em realizar o exame sozinha consulte um profissional especializado.

O trabalho para o fechamento da diástase é eficaz e o exercício deve ser de intensidade baixa. É muito importante fortalecer os músculos retos-abdominais, garantindo dessa forma, sua estabilização e alinhamento quando os demais músculos entrarem em ação, e posteriormente, estes outros grupos musculares poderão ser exercitados também.

Deve ser evitado exercícios abdominais convencionais, exercícios de rotação de tronco e quadris, alongamento lateral ou da cintura, pois servem apenas para aumentar a diástase. Durante os exercícios, deve-se expirar quando levantar a cabeça e os ombros, pois isto evita um aumento da pressão intra-abdominal. A pressão intra-abdominal elevada apenas aumenta a diástase, que anula todo o propósito do exercício e consequentemente, a reabilitação muscular se torna mais demorada.

Portanto, após o parto é inevitável a diástase, mas se seguir as orientações ao se consultar com seu médico e se exercitar com um profissional de Educação Física ou até mesmo fisioterapeuta para realizar este trabalho específico, o resultado será a recuperação completa e o seu abdômem irá ficar como era antes de engravidar.

Abaixo segue uma imagem para ilustrar o que é diástase abdominal!

foto diastase

 

 

 

Até a próxima!

Leave a Reply